Sedex a Cobrar como funciona?

Você já conhece o Sedex a Cobrar? Esse serviço também é chamado de Pagamento na Entrega e consiste em cobrar o valor do envio ao destinatário. O Pagamento na Entrega consiste em uma remessa expressa e econômica do Sedex, que pode ser usada para o envio de documentos ou mercadorias. Nesse tipo de remessa o remetente deve pagar todos os valores postais no momento do envio e também estipular um valor que deve ser cobrado ao destinatário por todos esses gastos.

Agora você irá conhecer um pouco mais sobre esse serviço, quem pode usá-lo, como solicitar e demais detalhes.

Sedex a Cobrar como funciona

Sedex a Cobrar como funciona? (Foto: Divulgação)

Como funciona Sedex a Cobrar

O serviço está disponível em todo o território nacional nas agências dos Correios. Ele pode ser usado por pessoas físicas e jurídicas com ou sem contrato. Para usar o serviço o remetente deve apresentar os objetos Sedex ou PAC abertos no ato da postagem, que devem ser conferidos pelo atendente dos Correios e fechados.

Esse serviço disponibiliza um registro automático e ainda permite que o destinatário receba um aviso de chegada da encomenda.

O serviço de Sedex a Cobrar disponibilizado pelos correios que funcionam em todo o Brasil. Para você que quer usar o serviço mas tem dúvida de como ele funciona vamos explicar:

  • Como enviar: Dirija-se a uma agência dos correios (encontre a mais próxima AQUI) com a mercadoria aberta. A mercadoria ou documento a ser transportado deverá ser analisada junto a um atendente dos correios. Após a conferência ele poderá ser empacotado para envio. Apenas pessoas e empresas com vínculo contratual com os correios podem enviar encomendas à cobrar sem a necessidade de conferência por parte do atendente dos correios.
  • Pagamento do transporte: O remetente deverá pagar os preços postais de praxe porém, o valor do transporte deverá ser pago por quem for retirar a mercadoria na agência. O valor a ser pago vai depender do objeto (tamanho, peso) e do tipo de envio escolhido (sedex ou Pac).
  • Como funciona a entrega: Ao enviar a mercadoria você receberá um prazo estipulado para que a remessa chega até a agência de destino. Para cada dia de atraso haverá um ressarcimento no valor de 10% do valor da mercadoria. Apenas o destinatário da mercadoria ou a pessoa que estiver como responsável por receber a remessa poderá retirar e pagar o valor no balcão.

Veja abaixo um vídeo explicativo de como funciona o Sedex a Cobrar:

Fique Atento

Caso os Correios atrasem na entrega do produto, há a devolução de um percentual do valor pago pelo remetente. Um dia de atraso dos Correios corresponde há 10% do valor pago devolvido. Para dois dias de atraso, há a devolução de 20% do valor pago e a partir de três dias de atraso, há a devolução de 30%.

Para receber a remessa o destinatário deve comparecer até a unidade dos Correios mais próxima de sua cidade com seus documentos em mãos.

O valor da postagem irá variar sempre de acordo com o peso da remessa e o local de origem e destino, juntamente com o vale postal e do valor referente aos serviços adicionais que o remetente queira adicionar.

No momento de envio da remessa é preciso fazer o pagamento que deve ser à vista em dinheiro, cheque ou cartão de crédito ou débito. Apenas clientes de contrato podem obter uma fatura mensal.

Sedex a Cobrar como funciona? (Foto: Divulgação)

Vantagens do Sedex a Cobrar

Há algumas vantagens em optar por esse tipo de serviço. Por exemplo, a possibilidade de rastrear o objeto diretamente no site dos Correios. Você pode conferir a situação da entrega da remessa ou até mesmo os motivos de não ocorrer a entrega.

Com esse serviço o remetente também pode definir o valor que vai ser cobrado ao destinatário e possui a garantia de receber o valor cobrado.

 

Add Comment