fbpx

O que é nióbio e como ele pode ser explorado?

o que é nióbio

O que é nióbio? Nióbio é um metal raro com um ponto de fusão alto, cor cinza prateado, textura macia e boa ductilidade. 

A densidade do nióbio é de 8,57g / cm³, o ponto de fusão é de 2477 ° C, e o ponto de ebulição é de 4744 ° C. 

Graças à sua boa supercondutividade, alto ponto de fusão, resistência à corrosão e resistência ao desgaste, o nióbio é amplamente utilizado na produção em indústrias e na vida cotidiana.

PUBLICIDADE

Cerca de 85% a 90% do nióbio mundial é usado na produção de ferro e aço na forma de ferronióbio. Adicionar 0,03% a 0,05% de nióbio no aço pode aumentar a força de rendimento do aço em mais de 30%.

Além disso, o nióbio também pode alcançar a distribuição de dispersão de precipitados induzindo precipitação e controlando a taxa de resfriamento, e ajustar o nível de dureza do aço em uma ampla gama.

Portanto, ele adiciona nióbio ao aço, pode não só melhorar a resistência do aço, mas também melhorar a dureza, a resistência à oxidação de alta temperatura e a resistência à corrosão do aço, reduzir a temperatura de transição frágil do aço e fazer com que o aço tenha bom desempenho de soldagem.

O que é nióbio? Seu uso na indústria de materiais supercondutores 

O que é nióbio? Certos compostos e alusões de nióbio têm altas temperaturas de transição supercondutoras e, portanto, são amplamente utilizados na fabricação de vários supercondutores industriais, como geradores, dispositivos de armazenamento de energia magnética, equipamentos de ressonância magnética nuclear, e assim por diante.

 

Atualmente, os materiais supercondutores mais importantes são nióbio-titânio e nióbio-estanho, que são amplamente utilizados em imagens de ressonância magnética diagnóstica médica e instrumentos de ressonância magnética nuclear para linhas espectrais.

Os usos do nióbio na indústria de energia atômica

O nióbio tem boa condutividade térmica, alto ponto de fusão, boa resistência à corrosão e baixa captura de nêutrons seção transversal. É um material muito adequado para reatores de energia atômica.

Os usos do nióbio na indústria eletrônica

Cerâmicas podem ser usadas para fazer capacitores, cristais únicos de compostos como niobato de lítio e nióbio de potássio. 

São cristais para optoeletrônica e eletrônica. Eles têm boas propriedades piezoelétricas e ópticas e são amplamente utilizados em indústrias infravermelhas, tecnológicas a laser e eletrônica.

Além disso, o nióbio tem um alto ponto de fusão, uma forte capacidade de emitir elétrons, e tem uma capacidade de gettering, que pode ser usada para fazer tubos eletrônicos e outros dispositivos de vácuo elétricos.

Nióbio Um Material para Inovações

O que é nióbio? é dúctil e ocorre com tântalo em minério natural. Nióbio tem uma aparência branca brilhante em superfícies polidas. 

Caracteriza-se por um alto ponto de fusão de 2.477°C e uma densidade de 8,58g/cm³. O nióbio pode ser facilmente formado, mesmo a baixas temperaturas. 

Mas o nióbio não é apenas bonito de se olhar. Como o tântalo, é resistente contra muitos produtos químicos e pode ser facilmente formado mesmo a baixas temperaturas.

Um material multi-talentoso é amplamente utilizado para aplicações ópticas, eletrônicas e superligas. Os materiais de nióbio podem ser amplamente utilizados na fabricação de moedas e diamantes. 

Ainda sobre o que é nióbio, saiba que suas aplicações ainda são diversas quanto às propriedades do próprio material.

Sua combinação de elementos químicos e físicos únicos torna-o particularmente adequado para uma grande variedade de aplicações desafiadoras de alta tecnologia:

Precioso e brilhante com cor

Quando usado na produção de moedas, o nióbio pode ser visto em sua melhor luz. A refração da luz incidente faz com que a camada brilhe em uma variedade de cores diferentes. 

Podemos influenciar essas cores modificando a espessura da camada. Do vermelho ao azul: Qualquer cor é possível.

Seu alto nível de resistência e excelente formabilidade fazem do nióbio o material perfeito para os cadinhos usados para fabricar diamantes policristalinos sintéticos.

Para que o nióbio é usado na vida cotidiana?

O desenvolvimento do metal de nióbio e suas ligas para aplicações estruturais de temperatura elevada foi iniciado há apenas alguns anos, mas progressos consideráveis foram feitos desde então.

Um fator que tem sido importante no desenvolvimento do nióbio é a sua baixa captura transversal para nêutrons térmicos em aplicações nucleares. 

Para essas aplicações, suas características de fabricação favoráveis e propriedades mecânicas de alta temperatura também têm sido uma vantagem.

Onde pode ser explorado?

O que é nióbio e onde ele pode ser explorado? Ele pode ser extraído de duas formas de extrair o nióbio: a primeira, como já dito, é a partir da columbita. A outra, ou melhor, as outras, se distribuem em diversos outros materiais que podem conter traços dele. Um exemplo claro disso é a tantalita. 

Eles são encontrados nesses materiais a partir de isótopos estáveis, mas também há informações que já existem aproximadamente 28 radioisótopos no material, já sintetizados. 

No geral, não há como encontrar o nióbio de forma livre na natureza. Sendo assim, a única maneira de trabalhar com eles é a partir do que é oferecido em outros materiais. 

Ah, vale lembrar que ele também já possui um certo peso na economia, sendo assim, se torna cada vez mais importante considerar sua presença em torno de alguns pontos.

Características

Bem, para entender melhor como o nióbio pode atuar na economia, vamos entender, antes, as suas propriedades, já que tanto na parte física como na parte química elas conseguem ser chamativas.

É claro que essa variação é importante apenas para quem irá lidar diretamente com o material, mas essas propriedades são também alicerces para que ele possa desempenhar diversas funções.

Espero que tenha gostado do conteúdo, até a próxima!

Add Comment